sábado

Os sonhos vivem

Eu sonho sonhos, que ganhará vida

Eu devaneio ilusões, que jamais

Transformara em sonhos

A vida não pára

Sigo sem volta, você nem nota
O presente, é a minha realidade
O passado, meu aprendizado

De cirandas e bailados me
Entrego na valsa da vida,
Me encontro, te desencontro
A dança segue em pares

Já não tenho par

Entre a multidão, me entrego
Aos momentos, sem volta
Envolto nas cirandas e bailados
Vivendo o momento que é a
Minha realidade

segunda-feira

Momentos





















Coloridos e floridos
Afagos penetrados


Saudades

Lembro-me,
Instantes vividos
E abraços apertados

Na fotografia extinta
O reflexo vivido
Retorno sem tempo

Quisera eu perpetuar no
Tempo, sem devaneio

Quem diria, Retorno presente
Eu ausente, Sem tempo

quinta-feira

Desencontro

Houve uma chamada telefónica alguém não atendeu,
e o destino de 2 pessoas que se amava desencontrou por
toda uma vida, restando apenas o desencontro


Você não apareceu
Eu não fui

Hoje!?

Hoje nossos olhares
Se cruzam…

E apenas ficou o,
Vazio donato do nada

Eu, não fui
E, você não compareceu

terça-feira

Esperança





















Caído nos vales da vida nas encostas
E trincheiras, bebendo o cálix da
Amargura sem esperança ou sonho

Vivendo dias escuros, inebriados
No desconsolo de ser, o sol já não
Aquece, a lua perdeu seu brilho

Onde foi que se perdeu, submerso
Nas lacunas que foram abertas sem,
Nenhuma permissão, sobrevive entre
A escolha de seguir ou reviver dias iguais

Preferiu seguir

A responsabilidade é dada e nela erigiram
Um novo ser sobre a esperança de agradar
Apenas e somente a ele, não mais correr o,
Risco de agradar gregos e troianos

Ele desferiu sobre o caos da vida na esperança
De sobreviver com todas as loucuras que é
Concedido, porém sejas o mais
Fiel a si mesmo

quinta-feira

Arriscar e acreditar


Passos certeiros ainda perdidos
Vida vivida sem um vintém
Olhos inundados e infância perdida

Sou meu maior fracasso diante da maior
Perca de mim mesmo os caminhos que se
Cruzam a seguir são meus, teus, nossos e
Vossos

Na perda dos encontros, tudo que não se perde
É o que melhor se ganha, sem nenhuma
Pretensão, ou todos os passos seriam sucesso

No indelével da vida nada mais poderá fazer
Seguir é o provável, perdoar será sagrado para
Viver liberto de todos os caminhos falhados

Na falha, no insucesso, e percas, o que
Vale, é que amanhã tudo pode ser
Vitoria, se errar é poder acertar
Que amanhã eu seja o sucesso
Das minhas falhas.

sexta-feira

Ir e vir









A vida no seu melhor

O livre arbítrio de ir e vir

Mesmo sabendo que a

Opção de recomeçar esta na

Conjuntura de ser livre

Todos os dias.

segunda-feira

Astúcia de uma sociedade insana

Multiplicado seja vós
Entre as fendas da hipocrisia
Debilitada nos dias opacos na
Decadência da vossa existência

Vosso pranto tornar-se a
Em rios de aflição, por causa
Da malícia excessiva que vós
Construíste em cima da inocência
Viva de quem abrigou-vos

Nada temeis, se não vossa consciência,
Mas esta, esta sobre demência profunda,
Já nada vós atemorizeis.

sexta-feira

segunda-feira

Incorrespondido até que...

Escrevo-te na esperança que ouça
Meu coração, e pense sobre meu
Sentimento

Tua ausência ainda abala todo
Meu ser, a resistência em não me
Ver, enfraquece-me

Procurar-te é minha maior ansiedade
Desejo não intentar tal atitude, mas
Vejo que será inútil diante de tal
Sentimento

Espero em breve sua chegada, assim
Os dias deixarão de ser turvos, as noites
Sombrias, e o meu íntimo angustiado,
Com você, serei o que sempre fui, feliz.

terça-feira

Felicidade

Todo amor em quase nada Mas "quase"Também é mais um detalhe.(Roberto c)

Quase voltei atras e disse tudo
que meu ego queria, mas não voltei,
Hoje você abriu as portas do seu
Mundo e me mostrou quão maravilhosa és
.

sábado

Frágil Olhar

Hoje todos os bramidos se reprimiram.
Todas as vontades abstiveram-se
Nenhum olhar foi destemido.

O que você traz no seu olhar?

sexta-feira

Vivências

Quando nós encontramos,
Foi espontâneo seu sorriso,
Embora sei o quanto foi
Difícil, ti ver partir

Não deveria consentir
Mas amar é isso mesmo
É ver outro voejar sobre
As asas da liberdade

segunda-feira

Inconstância do amor

http://olhares.aeiou.pt/foto2253058.html
Nada foi mesmo em vão
A viagem saturada
O amor inconstante
O fardo do carinho

A veracidade da falsidade
O desassossego das palavras
A negação diante da submissão
E o pretexto da invenção sem precisão

Renegar a vivência diante dos factos é
Mesmo em vão, viver o amor incompreendido
Na frouxidão da vergonha, é um momento perdido

A incapacidade da reacção diante da leveza de ser.

quarta-feira

Luar

No luar que aqui
Encontro
Revivo teu amor

No seio do sublime
Ser, contempla aqui
A tua formosura

O amanhecer em ti
Me encanto em teu
Ser

Manhãs e noites em
Teu seio
Revigorado sobre
Tua graça

Sinto-me livre,
Livre sobrevivo
Nesse amor.

segunda-feira

Transparência de ser

Disseram-me para dizer, então eu disse

Hoje, digo sempre, por que um dia
Disseram-me

E foi então que aprendi a transparência
De dizer sempre as palavras, presas no
Silêncio da alma

Hoje sei, que dizendo o que me amarra
Ao silêncio, estou livre para viver a liberdade
De amar, e estimando-me amarei todos a minha volta

sábado

Águas passadas


Não quero música
Meu ouvido é susceptível
Sua música já não me
Seduz

Já dancei essa canção e
Hoje, sei que nossos passos
Já não tem a mesma sintonia,
Hoje minha trilha sonora é outra


Me desilude com a repetição sem
A atitude de acção em conformidade
Sua melodia é ausente de sentimento
Nela encontra apenas vazio das palavras


Na canção da minha vida, os componentes
Precisa ter sentimento, fervor, vida, e renovação,
Todos os dias é um novo recomeço e, é preciso ser
Presente para sobrevier o respeito e a lealdade sua
Música já não me seduz

quarta-feira

Fé / Luz

Acreditar na verdade da tua luz,
Significa que tua realidade é a tua fé,
Agarra nela e perfilha, no mais, o destino vai
Te favorecer dia/após dia, tua luz não irá ti
Deixar a meio do caminho, acredite você é capaz!!!

terça-feira

Norah Jones

Minha trilha sonora hoje,convido a todos caminhantes por aqui
a ouvir e deixar se levar por essa voz maravilhosa.


Come away with me - Norah Jones

segunda-feira

Eterna gratidão

http://olhares.aeiou.pt/praire/foto1982250.html
"...Do desejo voltarei a ser amado,
No tempo que há-de ser, estarei
Entre teu abraços, das alegrias,
Deixarei a minha eterna gratidão..."

sábado

.

Que a imagem seja reflectida com fervor,
Aos olhos de quem percebeu a beleza da
Sua plenitude, liberdade, liberdade.

quinta-feira

Indiferença


Toda relação é sustentada pela sua base,
E desassossega, na dúvida que se transpõe
De forma que nada se fortalece diante
Da incerteza

Nada dilacera mais do que a indiferença,
Tortura, maltrata e isola, de forma que
Todo amor se resigna diante de tal
Sentimento

Não há amor que subsisti, não a forma
Que permaneça esperançosamente, e
Em completa resignação dias após dias

As malas estão prontas, o momento é
De valentia, escolha meu amor, as
Cartas já foram dadas o dado já rola
Sobre a mesa, a qualquer momento
Haverá o veredicto, quem irá ganhar
Com toda essa perca, as malas estão prontas!!!

.


Entre a partida da tarde e a chegada da noite,
você fez questão de ficar, afinal o momento era
um registo de felicidade.

domingo

.


Hoje? Hoje não, caminho em direcção
A minha casa, não anseio palavras, desisto
Desta tua realidade mal cheirosa, inventada
Para ganhar e nunca ceder, hoje, caminho
Em direcção a mim mesmo, em busca da
Paz que resignei para viver tal ilusão.

sábado

Nexo sem anexo


As luzes estão ligadas, mas a casa continua vazia,
Sem nada para dizer, é melhor ouvir e aprender,
Com muito para saber, não tente dar a entender
Que o que vem daí é algo de novo, por aqui
Tudo é repetitivo.

Vinho


Na excelência do meu paladar
Em mim, foste sempre dócil
Quando em mim tocas
Sinto teu calor, seu charme.

Nada é melhor, do que a tua beleza em si
Na noite gélida, sua companhia aquece-me
No meu paladar reconheço a qualidade, suave e
Genuíno, sim, sempre conquistador no seu aroma.

No meu encanto por ti, adiciono sua adição
No cair do entardecer sois hábil e séquito
Na delicadeza do seu fervor, sinto me com rigor
Seu primor me seduziu e, não mais te prescindi.

Não devaneio em ti, mas me faz ter devaneios
No calor da sua opulência, e na minha degustação
Me faço sempre acompanhar com sua presença

Sobre a sua exuberância, embriago-me e
Declamo minhas poesias, meus versos e prosas
Ao fundo da taça reencontro minha lucidez e nela
Adormeço sobre minhas ilusões…

quinta-feira

Consequência


Sem certeza, o recomeço se faz
É inábil, acreditar que existe a´mar
No travesso do caminho uma luz


O farol ilumina os olhos, e neles
O destino guia-me, dos passos
Inocentes, regressa ao inopinado
Nela se desfaz o acaso, enceto

As folhas brancas, escritas já estão
Toda a história já fora revelada,
Os amores já vivem suas paixões
Por isso, o recomeço desvaneceu no tempo


Porque o tempo está na sua continuidade e,
Recomeçar, mudaria sua própria natureza
Por isso, será extravagante e irrelevante
As folhas estão supridas e sem lacunas.

quarta-feira

Criança/Adulto


Crescer e ser criança
ser criança e ainda sorrir,
sorrir como gente grande
ser grande no coração, na
Alma, Simplicidade, Humildade.

sou e serei uma grande criança
no pequeno mundo adulto sou
feliz por que tenho no rosto,
Um Grande Sorriso....

terça-feira

Irmã e Grande amiga


Parabéns pelo teu dia, por que você merece

Todos os dias, ser e ter alegrias, momentos de

Felicidade pela pessoa que você é, pela amizade

Que você transmite, você é a pessoa que quero

Ter para sempre na minha vida, por que você

Abrilhanta e cede todo vigor que tem em tudo

Que faz, seja para você/seja para outros, congratulo

Com você nesse dia tão especial que é teu aniversário,

Faço votos para que tua luz continue brilhando,

Com alegria e graça todos os dias,

PARABÉNS

PARABÉNS!!!

segunda-feira

Subtileza


A subtileza esta sobre si,
Em mim deslumbro sobre
Teus olhos

Nem mais digo que volto
Por que de amor vivo, e
De esperança me renovo

Perguntar-te-ei, dos seus
Sentimentos, e no silêncio,
A resposta é dada, nada
De mais para quem um dia
Trocou-te.

Amei-te por demais, mas
Falhei nesse amor, e a subtileza
Que vejo, nada mais é, do que
Compaixão para comigo.

sábado

Tolerância


“…Sejamos tolerantes, para mais tarde
Não chorarmos as lágrimas da
Indiferença…”

quinta-feira

Obstáculos


“…Ninguém é livre, quando se constrói
Obstáculos dentro de si mesmo…”

quarta-feira

Trilho da vida


"...Em trilhos que me levam na tua direção,

em linhas ténue me equilibrio,

para não ti perder,todos os

caminhos me levam a você..."

Triste sorriso


"...Entre o sorriso da tristeza e

a lealdade da cumplicidade

sou o ponto de partida

mais próximo da sua realidade

Doce loucura..."

terça-feira

Passos na vida


"...O pior não foi ouvir que poderia estar um passo a frente, o triste era eu ter essa certeza, olhei a minha volta e não vi nenhuma desculpa que poderia dar, para então me esconder atrás da mesma, de cara limpa prossegui, sem insinuar o certo/errado, a vida continua, a multidão caminha sem pretexto, com o mesmo pensamento coletivo, e eu, bem, eu prossigo minha viagem solitária, a um passo atrás, mas em conformidade comigo mesmo..."

Essencial


“… Entre a indiferença da lágrima,
E o perfume da rosa, o reencontro
É imprescindível…”

Inesquecível

foto:Denisse salazar

As flores sobre a mesa, o vinho com sua graciosidade
e voce repleta de suavidade, momento marcante,
minha memória não me deixa ti esquecer.

segunda-feira

Competência


De mim mesmo restara apenas os retalhos,
E deles edifiquei todo a minha base, todos
Os meus falhanços e derrotas me fizeram
Vencedor, hoje os trapos tornaram-se
Num belo fato.

quinta-feira

Gentil ou Imbecil


Alegre ou triste,
Magoado ou ferido,
Iludido ou dissimulado,
Com saudade ou ausentado,

Gentil ou imbecil,
Sensível ou invisível,
Carente ou careca,
Rico ou bastardo,
Negro ou branco,
Pardo ou índio,

Casado ou amante
Namorado ou enrolado
Amando ou enrolando
Imaturo ou maduro…
Essa é a vivência do ser humano
Sempre em busca dos sensos, se
Evoluído nos próprios ajustes.

Felicidade

Em cada amanhecer o desejo se renova,
os votos se afirmam e, os sonhos ganha vida.

A caminhada ao seu lado torna a
dor suportável a solidão resistível,
nos abraços encontrei meu oásis.

A segurança que contigo tenho me
torna imbatível para meus desafios
o sol tem brilho a lua tem claridade

Os dias têm vida, os sorrisos têm
Liberdade, as lágrimas tem
Compaixão, e o diálogo têm
compreensão

Não se intimide meu amor, você é transparente
nas suas vivências, você é a minha face refletida
na minha felicidade.

quarta-feira

Demissão


Hoje escrevo-te para que saibas que dispenso
sua presença, embora ainda sinto tentado em
não escrever, mas é necessário.

Para que saibas que entre nos já não existe
companheirismo, que não a fidelidade nem
lealdade, você foi por longos anos,minha
melhor companhia.

Na ausência de todos outros sentimentos que
não consegui exprimir, você não me deixou,
esteve sempre presente, quando fiquei no
abandono, lá estava você, quando não tive
amigos, era você que nas letras das canção
falava, vociferava, e fazia se presente.

Você solidão,sempre me viu e exibiu como
um troféu,você sempre fez questão de ficar
estampado em mim,que você era minha
melhor companhia,por isso,sempre
fui olhado como se olha para
alguém abandonado,mas eu era.

Por isso os olhares eram complacentes, por
isso minha presença perante os outros eram
tão enfadonho, minhas palavras não havia nelas
suavidade, nelas eram sempre encontradas
o odor do desprazer, de quem vivia sempre
na depressão de alguma vivência.


Hoje solidão, tenho a felicidade de ti demitir,
na atual circunstancia você é indesejada e
não há espaço para convivência, o sorriso
que hoje trago e os sentimentos que a
experiência me trouxe,
sou solidário comigo mesmo.

Pétala


Na escuridão dos meus dias

Não a sol nem um límpido céu,

No vazio dos sentimentos, vejo

Os dias escuros, e as noites ébano, já

Não existo diante dos seus sentimentos,

Logo, não sinto o dia para minha caminhada,

A forma que escolheste para meu abandono fez

De mim melancólico nos meus dias.


Não peço volta, peço que reflecte na

Indiferença existente que impuseste,

Não sou de ninguém, mas ninguém

É meu, apenas sinto que me deixaste,

Talvez nessa sua despedida, regresse,

Não peço volta, peço apenas que pensa

Em mim, como foi que chegaste na minha vida.


Na sua aproximação,houve verdades

Meus amor, mas na sua despedida,

Houve apenas desilusão,se bem me

Conheces,sabe que ao nascer do dia,

Serei tão estável no recomeço,como

Como o nascimento de uma pétala

No ramo da sua flor,reflicta apenas

Reflicta. Meu eterno amor.

Impulsividade

A impulsividade de uma tenra idade,
pode transformar o que era para
ser eterno, em apenas lembranças

Um jovem amor em busca de paz,
um amor imaturo infrene pela
impulsividade de uma idade sem
tempo a perder, e com toda
certeza da vida…

Esquecendo ele que o tempo é o
senhor da vida, e a esperança
juntamente com a tolerância
é o tempero para que a vida ao
lado de um amor maduro,
pode passar a ser eterno
diante da tolerância…

quinta-feira

Prioridade Amar

“…Ao rever-te, decide jamais partir,
todas as partidas render-se a,
Ao seu momento existente…”

terça-feira

Inquietação


Meu deus serei eu louco, insano, profano?
Há loucura presente desvairada me inquieta
o espírito e atormenta a alma.
É desmedido o gosto pelo prazer profano
da luxúria, me angústia ver o meu próximo
desvairado pela ambição da cobiça de,
uma fama efémera devo eu ser louco?
Ou a minha volta está repleta de insanos
e moralistas carregados com suas volúpias
excessivas de vencer o seu próprio ego.
Serei eu? ou vós ?
A vicissitude da inquietação desvairada.

Pôr do sol

O pôr-do-sol refletia sobre os rostos
numa tarde de verão, era um momento promissor,
o amor que durante anos guardado estava prestes
ser livre, nos braços de quem se amara por longos anos...

Os raios de sol denunciava a magia do encontro,
era testemunha da vivência dos factos....
os abraços entres as lágrimas
o sorriso entre o beijo incessante,
não havia palavras....
já não havia desencontro...

O pôr-do-sol era a testemunha,
da loucura de um amor encontrado
nada mais estará perdido,
o amor se encontrou com seu par.
No tempo dos encontros,
não há espaço para desamores…

OBRIGADO Á TODOS