quarta-feira

Olhar


Debruço-me no olhar incessante,
e me pergunto se haverá um outro
momento tão belo e intímo como este,
a intensidade e veracidade de um olhar
que traduz seu ardente desejo, nele
a transpõe
a lucidez de uma loucura ingénua…

1 comentário:

  1. Fernanda23:55

    Traduz a poesia por cima do véu e a esperança acima de tudo.
    Amigo, tenho orgulho de ti.
    Beijo

    Fernanda!

    ResponderEliminar

"...Um dia vi em mim um sorriso nunca visto antes. era minha essência, roubando minha aparência e tomando finalmente seu lugar de volta..."

Obrigado pelo seu comentário,
VOLTE SEMPRE!!!

OBRIGADO Á TODOS