sexta-feira

Ir e vir









A vida no seu melhor

O livre arbítrio de ir e vir

Mesmo sabendo que a

Opção de recomeçar esta na

Conjuntura de ser livre

Todos os dias.

segunda-feira

Astúcia de uma sociedade insana

Multiplicado seja vós
Entre as fendas da hipocrisia
Debilitada nos dias opacos na
Decadência da vossa existência

Vosso pranto tornar-se a
Em rios de aflição, por causa
Da malícia excessiva que vós
Construíste em cima da inocência
Viva de quem abrigou-vos

Nada temeis, se não vossa consciência,
Mas esta, esta sobre demência profunda,
Já nada vós atemorizeis.

sexta-feira

segunda-feira

Incorrespondido até que...

Escrevo-te na esperança que ouça
Meu coração, e pense sobre meu
Sentimento

Tua ausência ainda abala todo
Meu ser, a resistência em não me
Ver, enfraquece-me

Procurar-te é minha maior ansiedade
Desejo não intentar tal atitude, mas
Vejo que será inútil diante de tal
Sentimento

Espero em breve sua chegada, assim
Os dias deixarão de ser turvos, as noites
Sombrias, e o meu íntimo angustiado,
Com você, serei o que sempre fui, feliz.

terça-feira

Felicidade

Todo amor em quase nada Mas "quase"Também é mais um detalhe.(Roberto c)

Quase voltei atras e disse tudo
que meu ego queria, mas não voltei,
Hoje você abriu as portas do seu
Mundo e me mostrou quão maravilhosa és
.

sábado

Frágil Olhar

Hoje todos os bramidos se reprimiram.
Todas as vontades abstiveram-se
Nenhum olhar foi destemido.

O que você traz no seu olhar?

sexta-feira

Vivências

Quando nós encontramos,
Foi espontâneo seu sorriso,
Embora sei o quanto foi
Difícil, ti ver partir

Não deveria consentir
Mas amar é isso mesmo
É ver outro voejar sobre
As asas da liberdade

segunda-feira

Inconstância do amor

http://olhares.aeiou.pt/foto2253058.html
Nada foi mesmo em vão
A viagem saturada
O amor inconstante
O fardo do carinho

A veracidade da falsidade
O desassossego das palavras
A negação diante da submissão
E o pretexto da invenção sem precisão

Renegar a vivência diante dos factos é
Mesmo em vão, viver o amor incompreendido
Na frouxidão da vergonha, é um momento perdido

A incapacidade da reacção diante da leveza de ser.

OBRIGADO Á TODOS