quinta-feira

Esperança na Lealdade


A dor amarga do odor das palavras, Resplandecem no mais profundo ser

Que se ligam e interligam e florescem sobre o pesar de existir,

Se existir tem sua doçura, ou se ainda assim, tem suas dores, quando se da o parto, o grito de dor, transforma na maior felicidade, não lembrando jamais suas ansiedades

Assim também o é, no amor, um desalento pode ser infindável

Mas o virar da esquina, pode encontrar a luz que fará esquecer todo o momento de sofrimento, basta um passo, para ter iniciado uma caminhada que fará esquecer, a dor amarga do odor das promessas desleais





12 comentários:

  1. "Esperança na Lealdade"

    Gleidston, eu já estava com saudades de ler sua belíssima poesia.
    Esperança e lealdade, são virtudes incontestáveis do ser humano, sem elas nada somos em realidade,
    com admiração,
    Efigênia

    ResponderEliminar
  2. O passo por que todos ansiamos, não é verdade?
    Muito bom, Gleidston ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. só o título já me errebatou...pois é difícil achar lealdade meu bem^^

    lindo como sempre^^

    bjoooo

    ResponderEliminar
  4. Não espero mais nada mais importante do que a lealdade! Amargo e belo poema, ao poeta tudo é permitido, até a dor do infinito. Abraço

    ResponderEliminar
  5. Que se cumpra em mim, a última estrofe desse poema... é tudo o q preciso nesse momento na minha vida.

    Bjinhos!
    Otimo fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Decore sua alma ,
    da forma mais linda que souber,
    com uma poesia que lhe toque o coração,
    para que na sua mudez, seja feliz,
    pois alma que é, será sempre sua,
    sem que ninguém no mundo a tire de você.
    (Eda Carneiro da Rocha)

    Desejo a você um maravilhoso final de semana,
    Com muita paz e carinho.

    Sônia

    ResponderEliminar
  7. Agradeço as palavras de carinho pelo aniversário do Cenário Atual.
    O mais importante nesses 365 dias foi a oportunidade de trocarmos nossas vivências e experiências.
    bj

    ResponderEliminar
  8. devemos tiar a dor e viver com mais amor...

    abraçao

    ResponderEliminar
  9. Gleidston,
    que poesia mais linda!!!
    As comparações são belíssimas.
    Vc é mesmo muito especial!
    Bjs, muitos bjs.

    ResponderEliminar
  10. Que linda poesia, Gleidston !! Um poço de sensibilidade é o que vc é, amigo !!
    Ando sumidinha dos "Blogs alheios", mas aos pouquinhos vou me recuperando !!
    Beijos meus !
    Helô

    ResponderEliminar
  11. Ah, o amor, tão irresistível e traiçoeiro ao mesmo tempo...
    Em segundos tudo pode mudar.
    Muitolinda a sua poesia, especialmente a simbologia que usou na questão do odor das palavras.
    Gostei!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  12. Meu caro autor, bonita e expressiva poesia. Meu carinho.

    ResponderEliminar

"...Um dia vi em mim um sorriso nunca visto antes. era minha essência, roubando minha aparência e tomando finalmente seu lugar de volta..."

Obrigado pelo seu comentário,
VOLTE SEMPRE!!!

OBRIGADO Á TODOS